Nova página

Temporariamente colocaremos a informação relativa ao funcionamento do viveiro nesta página: http://jardimdosol.wordpress.com/

Futuramente ela será dedicada apenas à informação não comercial sobre jardinagem que tínhamos na pagina do Viveiro dos Rosmaninhos.

Anúncios

Mudanças

A partir de Janeiro de 2010, o Viveiro dos Rosmaninhos passará a ser um jardim privado, sem fins comerciais. A parte comercial do viveiro será encerrada até ao fim do ano, e a loja on-line brevemente, assim como o site do viveiro, tal como está construído. A informação não comercial sobre jardinagem voltará a ser colocada on-line logo que possível, se possível no mesmo endereço da web.

O espaço do viveiro será sujeito a obras, e apenas após as obras faremos as novas plantações. O jardim continuará a ser construído segundo os princípios da jardinagem mediterrânica, preferencialmente com plantas originárias da flora mediterrânica, tal como a parte já construída. O desenho das novas áreas do jardim, e algumas alterações feitas às zonas já existentes, serão influênciados pela sua nova função. Sempre que o tempo o permitir, continuarão a ser publicadas aqui as fotos e a evolução do jardim.

Floração dos Phlomis

Também os Phlomis floresceram abundantemente nos nossos jardins, este ano. Aqui ficam as fotos:

Phlomis fruticosa

Phlomis fruticosa

Phlomis purpurea
  
Phlomis purpurea, flor

Phlomis purpurea, flor

Phlomis grandiflora

Phlomis grandiflora

Phlomis grandiflora, flor em botão

Phlomis grandiflora, flor em botão

 
Phlomis grandiflora, flor

Phlomis grandiflora, flor

Phlomis Edward Bowles

Phlomis Edward Bowles

Phlomis Edward Bowles, flor

Phlomis Edward Bowles, flor

 
Phlomis lanata nana

Phlomis lanata nana

 
 
 

Floração das alfazemas

Embora a floração das alfazemas esteja já em declínio, vimos trazer as fotos do pico de floração, uma vez que não foi possível antes:

No início de Junho floriram as angustifolia, aqui o pequeno grupo do jardim traseiro, com as intermedia ao fundo ainda por abrir:

Lavandula angustifolia

Várias Lavandula angustifolia, jardim traseiro

IMG_9644-2

Lavandula angustifolia Dwarf Blue, jardim da frente

IMG_9645-1
Lavandula angustifolia Miss Katherine, jardim da frente

Nota: sendo uma variedade registada para a qual não temos licença de propagação, a L. angustifolia Miss Katherine não se encontra comercialmente disponível no nosso viveiro.

Aqui o início da floração das L. x intermedia coincide com o pico de floração das L. angustifolia:

IMG_9632-1
Lavandula x intermedia em início de floração

 Em finais de Junho a Lavandula x intermedia estava no seu pico de floração:

Lavandula x intermedia
Várias Lavandula x intermedia, jardim traseiro
Lavandula x intermedia, jardim traseiro
Lavandula x intermedia, jardim traseiro
Lavandula x intermedia
Lavandula x intermedia
Lavandula x intermedia, pormenor

Lavandula x intermedia, pormenor

Lavandula x intermedia, pormenor

Lavandula x intermedia, pormenor

O jardim traseiro

Tem faltado aqui o relato do que tem acontecido no nosso jardim traseiro, o maior jardim que temos. Neste espaço tentámos colocar uma grande parte das plantas que comercializamos no viveiro, com o objectivo de o tornar num mostruário vivo. Tem por isso zonas com alfazemas, com alecrins, com cistus, com flómis, com tomilhos, com santolinas, com artemísias, e algumas zonas mistas. Este ano replantámos também duas das zonas, uma que esteve nos anos anteriores ocupada com rosmaninhos, os quais não se deram bem com os solos pesados (argilosos) e sombras do Inverno, e outra que tinha sálvias envelhecidas. Esta replantação criou alguma desigualdade no tamanho das plantas, mas era necessária.

No Inverno, quando voltámos a intervir no jardim depois de algumas semanas de relativo abandono, era este o aspecto do jardim:

A norte estão predominantemente as alfazemas, alecrins, alguns sedum, e tomilhos a cobrir o solo. De notar no entanto que esta zona não é sombreada.

jardim traseiro 02-02-2009 16-57-54

jardim traseiro 02-02-2009 16-58-14

Na zona central estão predominantemente Cistus, Phlomis Edward Bowles (na foto) e uma zona de Salvia que substituímos.

jardim traseiro 02-02-2009 15-11-37

Na zona sul temos os Phlomis, alguns alecrins, a zona onde estavam os rosmaninhos, que substituímos este ano…

jardim traseiro 02-02-2009 15-12-39

…e a zona das santolinas, dos tomilhos e do Hypericum:

jardim traseiro 02-02-2009 15-11-53

Temos ainda uma zona a Este não fotografada, com artemísias e perpétua das areias (Helichrysum), além de um pequeno caminho que preenchemos este ano com tomilhos.

Neste post vamos mostrar a evolução da zona sul, a mais intervencionada, ao longo dos últimos meses. As santolinas, o Hypericum e os tomilhos foram sujeitos a uma poda severa em Fevereiro:

jardim traseiro 16-02-2009 12-03-00

Em finais de Março a maioria já tinha recuperado o suficiente para não se notar que tinha sido submetida a uma poda severa.

jardim traseiro 28-03-2009 12-44-38

Passado um mês, os espaços vazios começavam a estar preenchidos.

jardim traseiro 28-04-2009 10-55-35

No início de Junho a maioria das plantas estava em flor.

jardim traseiro 07-06-2009 11-41-44

Foi também em Fevereiro que replantámos a área onde arrancámos os rosmaninhos:

jardim traseiro 06-02-2009 16-49-11

Desta vez plantámos uma mistura de plantas: eufórbia, tomilhos, perpétua das areias anã, alfazemas, Phlomis lanata nana e Helictotrichon sempervirens. Junto à zona de passagem alguns Helianthemum. Mais tarde plantámos algumas anuais para acrescentar um pouco de cor no Verão, e Achillea millefolium.

jardim traseiro 07-02-2009 15-53-26

Uma vez que houve alguns períodos secos na Primavera em que não regámos convenientemente, o crescimento foi menor do que poderia ter sido. De qualquer forma, plantas recém plantadas têm sempre desvantagem em relação às plantas já estabelecidas, uma vez que estas últimas, mesmo quando severamente podadas, têm o sistema radicular bem desenvolvido.

jardim traseiro 12-04-2009 11-57-53

Em finais de Abril:

jardim traseiro 28-04-2009 10-56-26

No início de Maio, com a abundante floração do Cerastium tomentosum em primeiro plano:

jardim traseiro 09-05-2009 11-13-24

jardim traseiro 17-05-2009 11-56-39

E finalmente no início de Junho:

jardim traseiro 07-06-2009 11-40-47

Como se pode notar, não podámos os Phlomis, havendo necessidade de o fazer, pelo menos ao Phlomis fruticosa. Não o fizemos para não estimular crescimento vegetativo excessivo, o que teria diminuído a floração, que, como se pode ver pelas fotos anteriores, e como mostraremos em posts futuros, foi abundante.

Em relação às restantes zonas deste jardim falaremos em posts posteriores. 

 

 

Tomilhos – Thymus Doone Valley

E finalmente a floração do Thymus Doone Valley, o último a florir no jardim da frente. De notar no entanto, como já referimos, que embora no jardim da frente já tenha passado a floração de todos os tomilhos, no jardim traseiro os tomilhos rasteiros encontram-se no pleno da sua floração. As fotos que se seguem foram tiradas no jardim da frente ao longo do mês de Maio.

Os primeiros sinais de flor apareceram ainda em finais de Abril, com as tonalidades variegadas a tornarem-se progressivamente verdes como se fosse uma forma de dar lugar às flores:

thymus-1

thymus-5

A planta foi-se cobrindo de flores ao longo do mês de Maio…

Thymus Doone Valley 20-05-2009 11-38-46

Thymus Doone Valley 20-05-2009 11-38-22

Thymus Doone Valley 20-05-2009 11-37-41

… sempre com uma grande afluência de insectos.

Thymus Doone Valley 20-05-2009 11-38-7

Tomilhos – Thymus praecox

Dos Thymus praecox, o primeiro a florir foi o Thymus praecox Pink Chintz, também ainda em Abril:

Thymus praecox 23-04-2009

Thymus praecox 30-04-2009

Logo seguido pelos T. p Creeping Red e T. p. Coccineus. De seguida as mesmas plantas das fotos anteriores, à esquerda o T.p. Pink Chintz, e à direita o T.p. Creeping Red:

 

Thymus praecox 07-05-2009

Thymus praecox 09-05-2009

No seu pico de floração o T.p. Creeping Red é um tapete de flores púrpura:

Thymus praecox 15-05-2009

Thymus praecox 15-05-2009